Publicidade
Home  >  O Relógio  >  Marcas  >  corum Voltar

CorumGuia de Marcas

A Corum foi fundada por René Bannwart, juntamente com seu tio Gaston Ries, no ano de 1955, em La Chaux-de-Fonds, na Suíça.

Desde sua criação, a Corum tem se caracterizado pelo desenho de vanguarda de seus relógios. Modelos como o Admiral?s Cup e o Golden Bridge, com seu inconfundível mecanismo ?baguete?, construíram uma reputação de originalidade e excelência.

Tendo a marca recentemente retornado ao mercado Brasileiro, seus modelos modem ser encontrados com exclusividade na Grifith Joalheiros.
Site oficial: www.corum.ch

Vídeos Relacionados

Corum Admiral?s Cup Legend 38 Mystery Moon
Admiral's Cup Legend 46 Minute Repeater Acoustica
Ver mais vídeos

 Notícias Recentes

Golden Bridge Stream
Golden Bridge Rectangle
Bubble 47 Flying Tourbillon
Ver mais notícias

Novidades Salões

Golden Bridge Rectangle

História

O nascimento da marca

A Corum foi fundada por René Bannwart, juntamente com seu tio Gaston Ries, em 1955. Apreciador da palavra "quorum" que significa o número mínimo de pessoas presentes necessárias para validar uma decisão, René Bannwart alterou-a para criar a marca.

Desde sua criação, em La Chaux-de-Fonds, na Suíça, a Corum tem se caracterizado pelo desenho de vanguarda de seus relógios. O emblema da marca, uma chave orientada para cima, simboliza o mistério de descobrir, o enigma por resolver, novos territórios por explorar e a inovação. Também se refere às qualidades-chave que o relojoeiro necessita, tais como o engenho, a perseverança e a ousadia para obter o pleno domínio do tempo.

Em 1956, os primeiros relógios Corum chegam ao mercado, revelando uma série de novas ideias que foram coroadas de êxito. Em 1966, Jean-René Bannwart, filho do fundador, se junta à empresa. Ele criou modelos que contribuíram para o renome da marca, com destaque para o Admiral's Cup.


Corum ? uma cronologia

Em 1957, lançamento do modelo Golden Tube - sua caixa é um tubo de ouro no qual se insere o movimento. Esta criação é a origem do célebre modelo Golden Bridge (1980), primeiro movimento em linha.

Em 1958, o relógio Chapeau Chinois desperta grande curiosidade, já que seu cristal é inspirado no famoso chapéu de forma de cônica usado pelos chineses.

Em 1960, surge o modelo Admiral's Cup. Ele possui uma caixa quadrada e se constitui em um dos primeiros relógios estanques com esta forma.

Em 1964, é criado o relógio-moeda, cujo movimento extraplano é abrigado de maneira inédita em uma autêntica moeda de ouro de 20 dólares americanos. A águia dupla é o símbolo do espírito livre empresarial. Um modelo de prestígio universal, usado por numerosos presidentes dos Estados Unidos e eminentes personalidades.

Em 1965, é criado o modelo Buckingham, que se destaca por suas proporções sobredimensionadas, muito inovadoras para a época.

Em 1966, aparece o Romvlvs, cuja particularidade é exibir os algarismos gravados, não sobre o mostrador, mas sobre o aro.

Em 1970, é criado o relógio Feather, cujo mostrador é composto por autênticas plumas de aves. Uma proeza tanto artística quanto técnica.

Em 1976, o modelo Rolls-Royce firma sua primeira colaboração com uma marca automobilística de prestígio.

Em 1980, o Golden Bridge, dotado de um movimento baguete delicadamente gravado à mão, se revela através da impecável transparência do cristal de safira da caixa.

Em 1983, é reestilizado o emblemático modelo Admiral's Cup, substituindo-se os índices por 12 bandeiras náuticas do código internacional de sinais marítimos, em uma caixa dodecagonal.

Em 1986, lançamento do modelo Meteorito, cujo mostrador é feito com um autêntico meteorito.

Em 1991, a fama do Admiral's Cup continua com a vitória da equipe Corum na mítica regata que leva seu nome.

Em 1993, criação do modelo Admiral's Cup Marées. Dotado do movimento exclusivo Corum CO 277, oferece informações como as fases da lua, a hora das marés, sua amplitude e uma estimativa da altura da água e a força das correntes.

Em 1997, a Corum registra a patente de um novo invento referente ao relógio Tabogan, equipado com um engenhoso mecanismo que permite que a caixa possa ser colocada na posição vertical, transformando-o em um relógio de mesa.

O ano 2000 marca a criação do Bubble. Com um grosso cristal de safira de 11 mm, produz um efeito lupa, característico do modelo.

Com o relógio Trapèze, a Corum cria em 2001 um novo modelo de grande tamanho, cujo nome é alusivo à sua forma.

Em 2005, o Classical Vanitas é o primeiro modelo do mundo que emprega a marchetaria como técnica de decoração de um mostrador. As peças de pedra e mármore são cortadas e montadas minuciosamente para formar um delicado mosaico.

No 50o aniversário da Corum, em 2005, o Golden Bridge é reestilizado em uma criação contemporânea, infundindo o espírito do século XXI ao modelo original de 1980.

2006 anunciou a renovação do modelo Admiral's Cup. Enquanto propõe uma coleção mais contemporânea e um desenho audaz, a Corum conserva suas características estéticas: a célebre caixa com aro dodecagonal e suas doze bandeiras náuticas.

Em 2007, o Romvlvs renasce com elegância e contemporaneidade. Seu desenho perpetua a particularidade dos numerais romanos gravados sobre o aro, distinguindo-se por sua caixa de dupla curvatura, dando um efeito elíptico a seu cristal de safira curvado. O perfil da caixa leva gravada em todo seu contorno uma estria longitudinal perfeitamente polida.

O ano 2009 marca o início de um novo e importante capítulo de sua rica história com a apresentação de seu segundo movimento ?in-house?. O Ti-Bridge é o primeiro modelo a abrigar o novo calibre CO 007, criado, desenvolvido e montado nas oficinas da marca.

Em 2010, a Corum celebrou seu 55o aniversário, os 50 anos da coleção Admiral's Cup e os 30 anos do Golden Bridge.

Em 2011, a Corum lança seu excepcional movimento baguete em versão automática de carga linear, anunciando uma nova era para este movimento único.


Corum no século XXI

Em 2000, René Bannwart recebe o prêmio Gaïa do Museu Internacional de relojoaria, na categoria Artesanato & Criação. Este prêmio se constitui em um reconhecimento simbólico à sua contribuição à relojoaria e à cultura.

Em Janeiro de 2000, a chegada de um novo proprietário e presidente, Severin Wunderman, dá um novo impulso à Corum. Com sua criatividade e engenho, redinamiza a marca.

Severin Wunderman traz Antonio Calce para a Corum em 2005. Juntos definem uma estratégia para novos horizontes enquanto permanecem fieis ao espírito pioneiro e independente que forjou o êxito da marca.

Em 2007, Antonio Calce é promovido a Diretor Geral da Corum. Sua estratégia é reposicionar a marca no segmento da Alta Relojoaria.

Em 25 de junho de 2008, Severin Wunderman falece aos 69 anos. Em 18 de agosto, a Corum nomeia Serge Weinberg ? amigo pessoal e conselheiro financeiro de Severin Wunderman ? no cargo de presidente do Conselho de Administração. Fundador da empresa de investimentos Weinberg Capital Partners, traz à empresa sua experiência no setor do luxo.

Em outubro de 2009, a Corum adquire a Corum USA LLC, seu agente comercial, e Antonio Calce é nomeado presidente da nova filial americana. Dois anos após, abre novamente a filial de Miami com uma nova equipe de trabalho.

Em janeiro de 2010, falece René Bannwart aos 95 anos, um homem reconhecido por sua qualidade humana e seu sentido de estética, cuja criatividade reflete-se na Corum através de numerosas criações originais que forjaram o DNA da marca.

Em setembro de 2011, Antonio Calce, CEO da marca, entra para a sociedade da empresa. Hoje, a Corum segue sendo dirigida por ele, que traçou uma estratégia de implementação e integração empresarial de longo prazo, assiḿ como a integração dos ofícios relojoeiros iniciada em 2005, concentrando-se em duas prioridades, complementares ao desenvolvimento de produto: a estratégia de distribuição e a de comunicação. Uma nova estrutura organizacional e de direção reforça as filiais e os planos de comunicación são profissionalizados.



Os 4 pilares da marca


Posicionada como uma marca exclusiva, a Corum possui coleções de grande qualidade, de desenho inovador e único, providas de notáveis movimentos mecânicos. As 150 referências atuais, divididas em dois pilares principais ?Admiral's Cup e Corum Bridges ? e dois pilares satélites compostos pelas coleções Romvlus e Artisans, fundamentam sua legitimidade na história da marca.


Admiral's Cup

Em 1960, a primeira interpretação do modelo ?Admiral's Cup? se torna o primeiro grande êxito da Corum. Este modelo, emblemático para a historia da marca, é associado a grandes competições náuticas e aos mais prestigiosos navegantes, sobretudo por sua estética inimitável: caixa dodecagonal, mostrador realçado por 12 bandeiras náuticas e o troféu da Admiral's Cup gravado no verso da caixa, sinais distintivos deste modelo, muito fáceis de serm reconhecidos.

O ?Admiral?s Cup? foi adotado por Ben Ainslie, um dos maiores velejadores da história, com três medalhas de ouro e uma de prata nas olimpíadas, que possui um número impressionante de recordes e distinções, assiḿ como por Loïck Peyron, um dos melhores velejadores em multi e monocasco, que já realizou uma lista considerável de façanhas, incluindo 43 travessias transatlânticas e quatro voltas ao mundo.

Em 2010, a coleção Admiral's Cup celebrou seu meio século de criação. Em 2011, e pela primeira vez, a coleção é estruturada em 3 segmentos distintos: o Seafender, caracterizado por um desenho robusto que compreende funções esportivas de ponta; o Challenger, destaca-se por seu desenho e oferece uma série de complicações de cronógrafo; e, por último, o Legend, com modelos mais clássicos e elegantes, de laterais com linhas mais suaves e complicações clássicas. Cada segmento respeita os códigos de identidade do modelo Admiral?s Cup enquanto aponta para outros mundos.


Corum Bridges

Insígnia das complicações relojoeiras da marca, o ?Golden Bridge? foi apresentado em 1980 e constitui um modelo de referência relojoeira com seu movimento baguete único. Adicionalmente, é um modelo de vanguarda com seu movimento situado no centro de uma caixa, cuja particularidade mais relevante está no fato de que ela é feita em cristal de safira transparente.

Em 2009, a Corum revelou seu novo calibre exclusivo, criado, desenvolvido e fabricado ?in-house?. O movimento CO 007, segundo mecanismo baguete da manufatura Corum, escreveu uma nova página na história da marca. O modelo Ti-Bridge constituiu-se em um grande êxito entre os aficionados da bela relojoaria.

Em 2010, Corum celebrou o 30o aniversário do emblemático movimento baguete do Golden Bridge e adicionou ao movimento uma complicação de excelência, um pequeno turbilhão com escape de silício.

O pilar Corum Bridge conheceu uma evolução substancial em 2011 com a apresentação de uma nova criação exclusiva: o Golden Bridge automático com o primer movimento de carga linear.


Romvlvs e Artisans

Lançado em 1966, o modelo ?Romvlvs? faz referência à arte relojeira em sua expressão mais pura. Com efeito, foi o primeiro relógio cujas horas estão gravadas sobre o aro de uma caixa com dupla curvatura, uma das características mais representativas deste modelo.

Em 2008, esta coleção recebeu duas complicações importantes: um calendário perpétuo e um calendário anual retrógrado. Em 2010, Corum elevou os limites técnicos introduzindo seu Romvlvs Billionnaire, que abriga um movimento de turbilhão com pontes e platinas de safira, reforçando o savoir-faire da marca.

A coleção ?Artisans? expressa a fusão entre a criatividade e a grande arte. Ela é composta por modelos dotados de mostradores em esmalte e decorados com miniaturas pintadas à mão, engaste e gravações; sendo enriquecida ano a ano com novas referências que exploram novidades temáticas.

 

René Bannwart
Prédio da Corum em 1955
O Golden Tube de 1957
O Chapeau Chinois de 1958
O Admiral's Cup de 1960
O relógio-moeda de 1964
O Romvlvs de 1966
O Rolls-Royce de 1976
O Golden Bridge de 1980
Admiral's Cup, de 1983
Admiral's Cup Marées, 1993
Tabogan, 1997
Bubble, 2000
Manufatura Corum, 2012
Antonio Calce
x