Publicidade
Home  >  O Relógio  >  Marcas  >  omega Voltar

OmegaGuia de Marcas

Hoje, sete de cada dez pessoas ao redor do mundo conhecem a marca de relógios Omega - uma taxa verdadeiramente surpreendente de reconhecimento que poucas outras marcas podem ostentar.

Diz-se que a razão por trás deste sucesso é a excelente qualidade de todo relógio Omega.

Mas não foi somente a qualidade que construiu a sólida reputação da marca.

A diferença entre um Omega e seus principais rivais pode ser expressa pelas letras de seu name: O de Olimpíadas, M de Mega-precisão, E de Elegância, G de Geografia e A de Astronauta.
Site oficial: www.omegawatches.com

 Notícias Recentes

Novidades Salões

História

De seu modesto início em La Chaux-de-Fonds, em 1848, a oficina de montagem criada por Louis Brandt, um jovem de 23 anos de idade, gradualmente ganhou renome. Durante todos os longos meses do inverno - com a luz da janela de sua mesa de trabalho - Louis Brandt montava relógios de bolso de precisão com corda por chave a partir de peças fornecidas por artesãos locais. Quando a neve tivesse derretido, ele viajava através da Europa vendendo seus relógios, da Itália à Escandinávia, passando pela Inglaterra, seu principal mercado. Após a morte de Louis Brandt em 1879, seus dois filhos, Louis-Paul e Cesar, preocupados com entregas irregulares de qualidade questionável, abandonaram o insatisfatório sistema de oficina de montagem em favor de uma manufatura "in-house" ("em casa") com total controle da produção. Devido ao grande suprimento de recursos humanos, comunicações e energia em Bienne, a empresa mudou-se para o segundo andar de um prédio nesta cidade em Janeiro de 1880; em Dezembro, foi comprado todo o prédio. Dois anos mais tarde, a empresa mudou-se para um prédio onde antes havia uma fiação, no distrito de Gurzelen, em Bienne, onde sua sede ainda hoje está situada. Seus primeiros calibres produzidos em série, o Labrador e o Gurzelen, bem como o famoso Omega de 1894, garantiriam o sucesso de vendas da marca.

Ambos Louis-Paul e Cesar Brandt morreram em 1903, deixando uma das maiores companhias relojoeiras da Suíça - com 240.000 relógios produzidos anualmente e empregando 800 pessoas, nas mãos de quatro jovens, o mais velho deles, Paul-Emile Brandt, ainda não tinha 24 nos de idade. Considerado como o grande arquiteto e construtor da Omega, a influência de Paul-Emile seria sentida pelo próxima metade de século. As dificuldades econômicas trazidas pela Segunda Guerra Mundial o levariam a trabalhar ativamente a partir de 1925 pela união de Omega e Tissot, até a sua fusão em 1930 dentro do grupo SSIH, Société Suisse pour l?Industrie Horlogère SA, Genebra. Sob sua liderança, e depois sob a de Joseph Reiser, a partir de 1955, o Grupo SSIH continuou a crescer e multiplicar-se, absorvendo ou criando cerca de cinqüenta empresas, incluindo Lemania, Lanco e Hamilton. Nos anos 1970, o SSIH havia se tornado o 1o. produtor de relógios acabados da Suíca e o 3o. do mundo.

Enfraquecida pela severa crise monetária e recessão de 1975 a 1980, o SSIH foi salvo pelos bancos em 1981. Outro gigante relojoeiro da Suíça, o ASUAG, principal produtor de bases de movimento e dono da Longines, Rado e Swatch, foi salvo de maneira similar um ano depois. Após um drástico saneamento financeiro e da restruturação das operações de produção, pesquisa e desenvolvimento dos dois grupos no complexo da ETA, em Granges, os dois gigantes fundiram-se em 1983 para formar a holding ASUAG-SSIH. Em 1985 a empresa matriz teve o seu comando assumido por um grupo de investidores privados sob a estratégia e liderança de Nicolas Hayek. Imediatamente renomeado SMH, Societe Suisse de Microelectronique et d"Horlogerie, o novo grupo teve rápido crescimento e sucesso até tornar-se o maior produtor mundial de relógios. Nomeado Swatch Group em 1998, ele agora inclui Blancpain e Breguet. Dinâmica e próspera, a Omega permanece como uma de suas marcas de maior prestígio.

 

x