Publicidade
Home  >  News Voltar

TAG HeuerMonaco Calibre 11

21 de dezembro de 2015
Com o Cronógrafo Monaco Calibre 11, a TAG Heuer apresenta uma reedição do célebre Monaco 1969.


Apresentado simultaneamente em Genebra e Nova Iorque em 3 de março de 1969, o Heuer Monaco foi o primeiro cronógrafo automático quadrado e estanque da história da relojoaria suíça. Batizado por Jack Heuer em homenagem ao Grande Prêmio de Mônaco (do qual a TAG Heuer segue sendo parceiro atualmente), o modelo rompeu totalmente os códigos estéticos da relojoaria tradicional com sua grande caixa quadrada com ângulos retos, o mostrador azul metálico, o ponteiro vermelho, o vidro de plástico curvado e, sobretudo, sua coroa situada à esquerda, o que então significava que não era necessário dar corda ao relógio.


Heuer Monaco original (1969)

Inovadora naquela época, sua tecnologia oferecia uma estanqueidade perfeita, uma novidade para um relógio quadrado. Mas o mais revolucionário estava, sobretudo, no interior do relógio: o famoso Chronomatic Calibre 11, o primeiro movimento de cronógrafo automático comercializado na história da relojoaria.


Utilizado nos circuitos em 1970 no pulso do piloto suíço Jo Siffert (o primeiro patrocinado por uma marca relojoeira, a Heuer), no ano seguinte dividiu o protagonismo com Steve McQueen, que o utilizou na filmagem de Le Mans, em 1971. Reconhecível de imediato e muito copiado, o "McQueen Monaco" (modelo 1133B) converteu-se em um relógio muito cobiçado por colecionadores e em leilões.


O novo modelo reúne todos os atributos do Monaco original: o tamanho de 39 mm, a coroa à esquerda, o mítico mostrador azul petróleo com os dois contadores brancos, a data situada às 6, os índices horizontais diamantados, o logotipo "vintage" Heuer, o calibre 11 de cronógrafo automático e a estanqueidade a 100 metros.

Vale notar que a caixa de aço tripartite (desde 1998) é um pouco mais quadrada na versão 2015 e é fechada com 4 parafusos, seus dois botões, às 2 e às 4 têm forma retangular e suas asas mais maciças. Uma pulseira de couro de bezerro perfurada, um vidro de safira (desde 2009) e um fundo transparente completam o modelo atual. Uma bela interpretação que respeita a emblemática herança da manufatura de La Chaux-de-Fonds e que agradará em cheio aos aficionados pela relojoaria.



TAG Heuer Cronógrafo Monaco Calibre 11 - Ficha técnica

Ref. CAW211P.FC6356

Caixa
Dimensões 39 x 39 mm, em aço, tripartite fechada com 4 parafusos
Mostrador azul metálico, contador de minutos do cronógrafo às 9, pequenos segundos às 3
Índices rodiados com um ponto vermelho e SuperLuminova branca
Estanque a 100 metros

Movimento
TAG Heuer Calibre 11, automático, módulo de cronógrafo Dubois Dépraz com data às 6
Reserva de marcha de 40 horas

Pulseira
Couro de bezerro perfurado, com um fecho de báscula de aço
 

NotíciasRelacionadas

10 de abril de 2022
22 de março de 2022
01 de fevereiro de 2022
14 de dezembro de 2021
Publicidade

BRANDPARTNERS